Como combater a Oleosidade.

Excesso de brilho, maquiagem que não dura, poros visíveis. Esses são incômodos frequentes de quem sofre com a oleosidade. Confira as dicas dos especialistas da "M de mulher" para cuidar do problema e manter a pele sequinha durante o dia todo.

Rosto à prova de óleo

O rosto é uma região com grande quantidade de glândulas sebáceas. Somado a isso, o clima tropical faz com que as brasileiras padeçam de um mal comum: pele engordurada e brilhante. "Predisposição genética,   uso de medicamentos como corticoides são outros fatores que influenciam o quadro", explica o dermatologista Adilson Costa, coordenador do setor de acne da Pontifícia Universidade Católica de Campinas e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, de São Paulo. Incluir produtos específicos em seus cuidados diários de beleza ajuda a controlar a oleosidade - a curto e longo prazo - e diminuir o desconforto que ela causa. 
 Vamos as dicas de como combater a oleosidade: 

1.  Limpeza

Prefira sabonetes com ácido salicílico ou enxofre na composição. "Esses ativos têm ação potente na redução da oleosidade, limpam profundamente a pele e impedem o aparecimento da acne", diz a dermatologista Roberta Bibas, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, do Rio de Janeiro. Lave o rosto de uma a duas vezes ao dia apenas. Exagerar na dose pode causar o chamado efeito rebote - quando a epiderme entende que precisa de hidratação extra na superfície e aumenta a produção de sebo.

2.  Tonificação

Depois da higienização, utilize uma loção tônica para regular o tamanho dos poros dilatados e reequilibrar o pH da pele. Procure na fórmula por ativos como mentol, hamamélis, alecrim, calêndula e sálvia. "A resorcina também é um ótimo ingrediente, já que reduz o trabalho das glândulas sebáceas", fala Roberta Bibas.


3.  Hidratação

Engana-se quem pensa que a pele oleosa não precisa ser hidratada. Escolha produtos de textura leve - preferencialmente em gel, fluida ou gel-creme - e livres de óleo. Melhor ainda se tiverem filtro solar e ação matificante.

4.  Primer

Invista nele para disfarçar os poros e eliminar instantaneamente o brilho do rosto. Bônus: faz o make durar mais tempo na pele.

5.   Pó facial

Prefira a versão pó solto e com efeito opaco. Aplique uma camada a mais na zona T (testa, nariz e queixo), região em que a oleosidade é mais acentuada. Dica: carregue-o na bolsa para fazer retoques ao longo do dia.
  

6.  Blush

Fuja dos cremosos, pois farão com que as maçãs do rosto ganhem uma aparência melada rapidamente. A melhor escolha são os produtos em pó e com fórmula mineral. Utilize um pincel redondo para espalhar.
    

7.  Demaquilante

Limpar a pele antes de dormir é cuidado obrigatório. O acúmulo de sujeira, resíduos de maquiagem e gordura nos poros favorece o aumento da oleosidade e a ação de bactérias responsáveis pela acne. Existem demaquilantes próprios para a pele oleosa, com ingredientes que controlam a produção de sebo, como o zinco.

Manutenção
Lenços antibrilho devem estar sempre à mão. Com microporos, essas folhinhas absorvem a gordura e o suor de forma imediata. Basta pressioná-las levemente no rosto, a qualquer hora do dia. Fique tranquila: sua maquiagem vai continuar intacta.  

8.  Convivendo com o inimigo

Fuja dos fatores que podem fazer seu esforço em controlar o brilho da pele ir por água abaixo.

Franja
A oleosidade do cabelo e do couro cabeludo pode deslizar pelos fios e chegar à testa. Outro empecilho: a franja dificulta a troca de calor entre a pele e o ambiente. Se você não abre mão desse tipo de corte, use um xampu específico para cabelo oleoso e, quando possível, prenda a franja para evitar o contato com o rosto.

Ar condicionado
Ele resseca o ambiente, contribuindo para a desidratação da pele. Ao passar um tempo longo em locais com ar condicionado, o organismo entende que precisa produzir mais óleo para reduzir a perda de água. Ingerir bastante líquido diminui o efeito nocivo do aparelho.

Água quente
O problema causado é semelhante ao do ar condicionado: a água quente elimina a barreira de gordura natural da pele, estimulando a produção de mais oleosidade. Por isso, a melhor temperatura para lavar o rosto é a fria.
 

Gostaram das dicas?
Beijos.

0 comentários:

Postar um comentário